O líder parlamentar do PS, Eduardo Ferro Rodrigues, visitou esta terça-feira José Sócrates, em prisão preventiva na cadeia de Évora, mas escusou-se a prestar declarações aos jornalistas, tanto à entrada, como à saída.

«Eu não respondo a nenhuma questão, nem faço nenhum comentário», disse Ferro Rodrigues à saída do Estabelecimento Prisional de Évora, onde visitou o ex-primeiro-ministro durante cerca de uma hora.

Ferro Rodrigues, antigo ministro e ex-líder socialista, foi, até meio da tarde, a única visita que José Sócrates recebeu hoje.

José Sócrates está preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora por suspeita de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal qualificada, num caso relacionado com alegada ocultação ilícita de património e transações financeiras no valor de vários milhões de euros.

A 21 de novembro, o antigo líder do PS e ex-primeiro-ministro foi detido e, após interrogatório judicial, ficou em prisão preventiva, por o juiz considerar existir perigo de fuga e de perturbação da recolha e da conservação da prova.