Os deputados José Matos Correia, do PSD, e João Soares, do PS, reconhecem que há falta de vontade dos dois maiores partidos portugueses para chegar a um entendimento sobre a melhor estratégia para o futuro do país.

Falando no programa Política Mesmo, na tvi24, os dois deputados admitiram que PSD e PS não têm capacidade para se sentarem à mesma mesa e negociar de forma séria para chegar a um acordo.

Não há «capacidade de nos sentar à mesma mesa e dizermos (¿) o lugar de Portugal é este, os nossos objetivos estratégicos são estes e a maneira de lá chegar é fazer isto», disse o social-democrata.

João Soares concordou: «Sejamos sinceros, depois do Bloco Central, não tem havido propostas sérias nem de um lado nem de outro e a vontade de as aceitar, quer de um lado, quer de outro, é praticamente nenhuma».