"É um assunto que ainda não foi abordado em sede de comissão, mas que irá merecer uma atenção especial para que seja apresentado um calendário ainda antes da pausa para Natal", disse à agência Lusa o presidente da Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.











"Importa agora ver se esse consenso se mantém, ou se o PS tem outras ideias", declarou o ex-ministro social-democrata e ex-presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais na última legislatura.