O deputado do PSD Duarte Pacheco acusou, esta terça-feira, o socialista João Galamba de estar "confuso e perdido", a tentar "disfarçar as atenções das dificuldades de relacionamento" entre Governo e Bruxelas, e desejou um "discurso único" entre as várias instituições.

"Hoje, ouvimos o deputado João Galamba confuso e perdido, a querer desviar as atenções das dificuldades de relacionamento do Governo com a Comissão Europeia e a inventar que o défice será maior do que aquele que o próprio Governo assumiu e para o qual trabalhou. Se assim fosse, tinha o Governo de explicar por que as suas previsões falharam de se justificar", disse aos jornalistas, no Parlamento.

Antes, João Galamba lembrou a retificação de declarações anteriores do comissário europeu para Assuntos Económico-Financeiros, o francês e socialista Pierre Moscovici sobre medidas orçamentais extra para Portugal e desafiou PSD e CDS-PP a falarem sobre um desvio orçamental de mil milhões em 2015.

"Em dezembro, o atual Governo reuniu e tomou medidas no valor de 46 milhões de euros para assegurar que o défice de 2015 ficava abaixo de 3% do PIB", recordou, por seu turno, Duarte Pacheco, sublinhando que a atual proposta de Orçamento do Estado para 2016 assenta numa previsão de défice de 3% em 2015 e que "quem faz a notação do défice é o Instituto Nacional de Estatística, que ainda não se pronunciou".

O deputado do PSD lamentou que se tenham vindo a sentir "avanços e recuos e diferentes interpretações", os quais "só podem gerar alguma perplexidade", defendendo que haja "um único discurso" entre todas as instituições porque a "discussão na praça pública não é útil para o país e sua credibilidade".