Um grupo associado à Frente Al Nusra, filial da Al-Qaeda na Síria, jurou lealdade à organização extremista Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS, na sigla em Inglês) na localidade de Al Bukamal, fronteiriça com o território iraquiano.

O diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos, Rami Abderrahman, disse à agência Efe, por telefone, que o grupo Yund al Haq (Soldados do Direito) uniu forças com o ISIS, em Al Bukamal, apesar da rivalidade deste com a Frente Al Nusra, com a qual tem mantido confrontos armados no norte da Síria.

As outras brigadas islamitas que operam nesta zona fronteiriça tinham solicitado à Frente Al Nusra que esclarecesse a sua posição, devido aos rumores recentes de que se estava a coordenar com o ISIS em Al Bukamal.