logotipo tvi24

Jerónimo: «É fundamental a defesa do SNS»

Secretário-geral do PCP participou, este sábado, numa manifestação contra os cortes no SNS

Por: Redacção / MM    |   2012-04-14 18:52

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse, este sábado, que é «fundamental» defender o Serviço Nacional de Saúde (SNS), considerando que o acesso à saúde é um direito de todos os portugueses.

«Como cidadão e como português, considero fundamental a defesa do Serviço Nacional de Saúde», disse Jerónimo de Sousa, que participou, em Lisboa, numa manifestação contra os cortes no SNS.

O líder do PCP adiantou que «é uma questão de todos os portugueses de defender esse bem precioso que é o SNS e particularmente o direito à saúde».

Centenas de pessoas participaram, este sábado, numa manifestação, entre o Largo do Chiado e a Rua Augusta, em Lisboa, pela defesa do SNS, num protesto promovido pelo Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP) e conta com a participação da central sindical CGTP, Uniões Sindicais, Federação Nacional dos Médicos - Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, comissões de utentes e outras estruturas do distrito de Lisboa.

Ações de protesto contra os cortes no SNS decorreram hoje durante todo o dia em mais nove cidades do país.

Partilhar
EM BAIXO: Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa

Oposição condena escolha do «senhor troika» para comissário europeu
PS, PCP e BE defendem que Carlos Moedas não vai defender os interesses do povo português
Passos escolhe Moedas para comissário europeu
Primeiro-ministro indicou o nome do seu secretário de Estado Adjunto
Ferreira Leite: Portugal não tem que agradecer «a pipa de massa»
Comentadora da TVI24 fala da luz verde do Constitucional, mas também lembra que Portugal não tem que agradecer a «pipa de massa»
EM MANCHETE
Passos escolhe Moedas para comissário europeu
Primeiro-ministro indicou o nome do seu secretário de Estado Adjunto para a nova equipa do recém-eleito presidente da Comissão, Jean-Claude Juncker
Amianto: só 2% dos locais avaliados pelo INSA apresentam riscos
Função pública com novas regras a partir de hoje