O líder comunista desejou este sábdo o anúncio de demissão do primeiro-ministro, domingo, no discurso de encerramento da «Universidade de Verão» do PSD, em Castelo de Vide, garantindo que o PCP está aberto a discutir a dívida, com ambição.

«Um bom discurso era (Passos Coelho) anunciar a demissão», afirmou Jerónimo de Sousa, criticando afirmações da ministra das Finanças proferidas hoje em Castelo de Vide, segundo as quais «um dia haverá crescimento económico, não se sabe bem como nem quando».

«Mera propaganda, olhando para a situação do país», considerou.

O secretário-geral do PCP comentou ainda o apelo de Maria Luís Albuquerque, que sugeriu um debate sobre a dívida pública portuguesa no Parlamento, após visitar a exposição de fotografias de Eduardo Gageiro sobre o 25 de Abril de 1974 no recinto da 38.ª «Festa do Avante», no Seixal.

«A ministra considera um debate sobre a questão da dívida, mas sem resolver o problema de fundo, o serviço da dívida. Em relação a esse desafio, garantimos que estamos abertos, disponíveis, para discutir a questão da dívida, mas temos outra proposta - sair deste beco renegociando-a nos seus prazos, montantes e juros. Estaremos à vontade para participar nesse debate, mas com muito mais ambição», assegurou.