O PCP reuniu com o Presidente da República na tarde desta segunda-feira e aproveitou o momento para pedir eleições antecipadas. À saída da reunião, Jerónimo de Sousa confirmou essa informação aos jornalistas.

«A questão primeira e principal é garantir a decisão de demitir o Governo, dissolver a Assembleia e marcar novas eleições. Nesse sentido, esta é que é a questão urgente e de fundo. Quanto à data, disponibilizámo-nos perante o Presidente da República para fazer uma nova ronda pelos partidos», frisou o secretário-geral do PCP.

À resposta sobre a data de 15 de Setembro para eleições antecipadas, como sugeriu o Bloco de Esquerda, Jerónimo diz que isso será algo a ponderar numa fase posterior: «Cada coisa no seu lugar. Primeiro temos de ver se sim ou não se concretiza esse grande objetivo que é a dissolução da Assembleia da República e dar a palavra ao povo».

Também os Verdes foram recebidos pelo Presidente da República esta segunda-feira e ainda haverá lugar para uma audiência com o governador do Banco de Portugal.