O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, apresentou hoje uma mensagem de Ano Novo onde desejou um 2016 "carregado de esperança" a todos os portugueses, reafirmando os compromissos dos comunistas.
 

"Vamos iniciar 2016 firmes no propósito de que é possível transformar a nossa vida coletiva, romper com a política de declínio nacional", sustentou o líder comunista numa mensagem divulgada pelo partido.


Jerónimo de Sousa frisou que 2016 surge "carregado de esperança" para a maioria dos portugueses, mais a mais após anos "tão duros e difíceis" para os jovens ou reformados.

O PCP, prosseguiu, "jamais deixará de honrar os seus compromissos" e procurará contribuir para um "rumo de desenvolvimento económico e progresso social" do país.

A criação de emprego, a reposição de salários e rendimentos e os apoios a pequenas e médias empresas, jovens ou reformados, são matérias destacadas ainda pelo secretário-geral comunista na mensagem.

O ano político foi marcado pela constituição de um Governo minoritário do PS, suportado no parlamento pelo Bloco, PCP e "Os Verdes", depois de a coligação PSD/CDS-PP ter sido a mais votada nas eleições legislativas com 38,5%.