“O PCP reafirma a sua condenação ao processo de chantagem e asfixia financeira prosseguida pela União Europeia e o FMI [à Grécia], visando o prosseguimento e intensificação da política de empobrecimento, exploração e submissão ao serviço do grande capital e do diretório das grandes potências europeias”, disse no comício de apresentação dos candidatos pelo distrito do Porto.


“Um processo que acima de tudo revelou a expressão mais crua da natureza política da União Europeia e ao serviço de quem está”, entendeu.



Eleições legislativas






“É sempre assim, andaram juntos a espalhar as pragas, cometeram ambos os mesmos pecados e agora que se estão a aproximar as eleições aí os temos a tentarem disfarçar as suas comuns responsabilidades, mas particularmente a escamotear os seus reais propósitos e projetos para o futuro”, ressalvou.