Conselho de Ministros

“Este processo em que o Governo mergulhou a ferrovia já atrasou mais de dois anos a reparação do meio de vida dos alfas pendulares, com prejuízos económicos e financeiros para a fiabilidade e segurança da operação ferroviária, e ameaça paralisar toda a operação. O Governo dá a ideia de acreditar que as sucessivas e milionárias contratações de propaganda da CP e das Infraestruturas de Portugal, num esforço que se manterá até à realização das eleições, alteraram a realidade económica e financeira da ferrovia, que se degrada aceleradamente por culpa das opções que tem tomado"