O secretário-geral do PCP afirmou, neste domingo, que a CDU está disponível para integrar um futuro Governo, frisando que "a grande novidade" das eleições de outubro poderá ser o reforço eleitoral da coligação.

"Se o povo português quiser, estamos em condições de assumir responsabilidades, incluindo governativas, para defender os interesses dos trabalhadores e do povo", disse Jerónimo de Sousa, em Tábua, Coimbra, durante um almoço-convívio.

O líder comunista frisou que "a grande novidade" nas próximas eleições "pode ser o reforço da CDU", porque tem uma política alternativa, "patriótica e de esquerda", enquanto PSD, PS e CDS-PP "já se entenderam de todas as formas", em sucessivos governos.

Jerónimo de Sousa apelou ao voto na CDU, argumentando que "é preciso mais gente" a votar na coligação formada pelo PCP e partido ecologista "Os Verdes", e que esta força política "sempre soube honrar os seus compromissos".