O candidato presidencial Henrique Neto disse hoje que a elevada abstenção reflete desilusão dos portugueses com a política atual e considerou, ainda assim, que os números são menores devido ao elevado número de candidatos.

A aguardar os resultados das eleições presidenciais num hotel em Lisboa, Henrique Neto reagiu aos primeiros números da abstenção, perante os quais não se mostrou desapontado.
 

"Desapontado, não. Eu acho que a abstenção foi menor por força da participação de muitos candidatos, porque cada candidato trouxe à votação muitos milhares de eleitores", afirmou.


Para o candidato, é "evidente que o crescimento da abstenção em Portugal nas eleições é um fenómeno que já vem de há alguns anos".
 

"É a grande desilusão dos portugueses com o sistema político e partidário. Os portugueses dizem que cada vez acreditam menos na política e falam dos políticos em geral com desagrado. Compreende-se que assim seja, porque a vida das pessoas não melhorou, só piorou", sustentou.


A taxa de abstenção nas eleições presidenciais de hoje deverá ficar entre os 48% e os 53%, de acordo com as previsões avançadas às 19:00, por três estações televisivas (RTP, SIC e TVI).