O Partido Ecologista «Os Verdes» acusou esta quarta-feira o primeiro-ministro de pedir tudo aos outros e não dar nada em troca, com Pedro Passos Coelho na resposta a pedir contributos do partido para Portugal atingir as metas de défice acordadas.

«O primeiro-ministro pede tudo aos outros e não dá nada. (...) Só vê duas coisas à frente: impostos e cortes», disse a deputada Heloísa Apolónia no debate quinzenal que esta quarta-feira decorreu na Assembleia da República.

A parlamentar do Partido Ecologista reclamou ainda do chefe do Governo uma posição sobre o pós-troika e os intuitos do Governo sobre eventuais cortes permanentes.

«Os portugueses estão muito preocupados com o pós-troika e o primeiro-ministro precisa de dizer hoje aqui que outras medidas vêm aí no pós-troika», declarou Heloísa Apolónia.

Pedro Passos Coelho sublinhou a determinação do Governo em devolver Portugal à total autonomia financeira.

«Tenho dado tudo o que está ao meu alcance para que o país chegue a esta fase dizendo que não precisamos de voltar a pedir ajuda externa», sublinhou.