O deputado de "Os Verdes" José Luís Ferreira anunciou esta terça-feira que o partido que concorreu coligado com o PCP às legislativas pondera ainda apresentar uma moção de rejeição autónoma ao programa de Governo do PSD/CDS-PP.

"Nós estamos ainda a ponderar essa possibilidade. Não está ainda fechada a porta. Ponderamos e, ao mesmo tempo, não ponderamos. Estamos ainda a discutir e a ver essa possibilidade", afirmou, após receber o ministro dos Assuntos Parlamentares, Carlos Costa Neves, em ronda pelas diversas bancadas.


Segundo o deputado ecologista, a decisão sobre uma eventual moção de rejeição do programa do novo executivo liderado por Passos Coelho vai ser tomada em reunião da direção do PEV, na quinta-feira, podendo assim juntar-se a documentos semelhantes de PS, BE e PCP, aquando do debate parlamentar de segunda e terça-feira, na Assembleia da República.

"Não temos nenhuma perspetiva de que venha a ser conjunta porque também isso nunca nos foi colocado. ‘Os Verdes' nunca foram abordados por qualquer dos outros partidos para que haja uma moção em conjunto", esclareceu ainda, prometendo "não rejeitar um [futuro] programa de Governo do PS".


José Luís Ferreira classificou o encontro com o responsável governamental pelos Assuntos Parlamentares como uma "reunião meramente institucional", considerando que podem ter sido "cumprimentos de apresentação ou de despedida" devido ao provável "chumbo" do XX Governo Constitucional.

"As moções serão aprovadas e discutidas em função da sua entrada. Não fazemos finca-pé nisso. Não andamos aqui a ver quem chega primeiro. Queremos é quebrar este ciclo de políticas que tem empobrecido o país e os portugueses", assegurou.