O vice-presidente do PSD José Matos Correia afirmou esta quinta-feira que o Governo que tomou posse deve dar continuidade ao "caminho que retirou o país da crise", e que o discurso de António Costa foi "oposto à ideia de democracia".

"O que é elegível deste Governo é que tenha a responsabilidade suficiente para dar continuidade a um caminho que retirou o país da crise e que tem todas as condições para levar o país onde ele merece estar", disse aos jornalistas o dirigente do PSD no final da tomada de posse do XXI Governo Constitucional, que decorreu no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

Questionado acerca do discurso do primeiro-ministro, José Matos Correia vincou: "O apelo à moderação do doutor António Costa seria compreensível se o teor do seu discurso não se baseasse exatamente no oposto do que é a ideia de democracia.