O Governo Regional da Madeira calcula que a dívida pública do arquipélago seja de cerca de 4 mil milhões de euros.

Segundo o secretário Regional do Plano e Finanças da Madeira, Ventura Garcês, «as contas, agora, são muito mais transparentes e muito mais atuais».

«De acordo com os regulamentos estatísticos, somos obrigados, trimestralmente, a fazer o reporte», explicou aos jornalistas, à margem da apresentação do novo portal de estatísticas da região.

Ventura Garcês informou ainda que o Orçamento Retificativo da Madeira deverá ser apresentado no princípio de outubro e que o mesmo refletirá, sobretudo, o aumento das despesas com pessoal.

Em 2012, a Região Autónoma da Madeira tinha um «buraco» de 6,3 mil milhões de euros, tendo recorrido a dois empréstimos do Governo da República, no valor de 2,6 mil milhões de euros.

Como contrapartida, foram criadas algumas medidas de austeridade, como o aumento dos impostos na região.