“Não ir votar ou dar o voto, seja nos partidos de traição nacional PSD/CDS que destruíram completamente o país e o venderam a retalho, seja no partido dito socialista do senhor António Costa, será mais um prego no caixão da democracia em Portugal”.