logotipo tvi24

Seguro espera «grande vitória» de Hollande

«Europa em causa» nas presidenciais de França

Por: Redacção / CP    |   2012-04-22 16:01

O secretário-geral do PS espera uma «grande vitória» de François Hollande nas eleições presidenciais em França, considerando que se trata de um ato eleitoral de grande importância para o futuro da Europa.

«São os franceses que votam, mas também é a Europa que está em causa nas eleições que estão hoje decorrer para a presidência francesa», afirmou António José Seguro, em declarações aos jornalistas na Ribeira Grande, nos Açores.

O líder socialista manifestou, por isso, o desejo de que este «seja um dia de grande esperança para a Europa com uma vitória de François Hollande na primeira volta das eleições presidenciais francesas».

«Tenho trabalhado intensamente com outros líderes socialistas europeus no sentido de a Europa escolher outro caminho, que coloque o emprego e o crescimento económico como prioridade, e colocamos todos hoje muitas esperanças nas eleições francesas», afirmou.

Este domingo vão a votos 10 candidatos, da extrema-esquerda à extrema-direita, mas, na última ronda de sondagens, François Hollande surge em primeiro lugar, com resultados entre os 27 e os 30 por cento. As intenções de voto em Nicolas Sarkozy surgem em queda, entre os 25 e os 26,5 por cento.

As sondagens indicam que na segunda volta Hollande tem entre 7 e 14 pontos percentuais de vantagem sobre Sarkozy.

Nunca na V República francesa (instituída pela Constituição de 1958) um candidato presidencial conseguiu ser eleito à primeira volta. A confirmar-se, a segunda volta das eleições presidenciais em França está agendada para o dia 6 de maio. A campanha para a segunda volta começa na próxima sexta-feira.

Partilhar
EM BAIXO: Seguro
Seguro

Governo atribui medalha de mérito a Rui Rio
Distinção está relacionada com trabalho que o antigo presidente da Câmara do Porto desenvolveu na área da proteção civil
PS: António Costa defende democratização das CCDR
Como uma das prioridades da reforma do Estado na próxima legislatura
PSD e CDS-PP querem reapreciar diplomas avaliados pelo TC
Líderes parlamentares pediram à presidente da AR a marcação de uma reunião da Comissão Permanente com o objetivo de agendar um plenário
EM MANCHETE
«Leilão de dívida não foi afetado pelo GES»
Estado conseguiu colocar mil milhões de euros ao juro mais baixo de sempre, sem ser afetado pela turbulência no Grupo Espírito Santo
Estado emite mil milhões de euros de dívida
Contas bancárias da ES Saúde no Novo Banco