logotipo tvi24

Seguro espera «grande vitória» de Hollande

«Europa em causa» nas presidenciais de França

Por: Redacção / CP    |   2012-04-22 16:01

O secretário-geral do PS espera uma «grande vitória» de François Hollande nas eleições presidenciais em França, considerando que se trata de um ato eleitoral de grande importância para o futuro da Europa.

«São os franceses que votam, mas também é a Europa que está em causa nas eleições que estão hoje decorrer para a presidência francesa», afirmou António José Seguro, em declarações aos jornalistas na Ribeira Grande, nos Açores.

O líder socialista manifestou, por isso, o desejo de que este «seja um dia de grande esperança para a Europa com uma vitória de François Hollande na primeira volta das eleições presidenciais francesas».

«Tenho trabalhado intensamente com outros líderes socialistas europeus no sentido de a Europa escolher outro caminho, que coloque o emprego e o crescimento económico como prioridade, e colocamos todos hoje muitas esperanças nas eleições francesas», afirmou.

Este domingo vão a votos 10 candidatos, da extrema-esquerda à extrema-direita, mas, na última ronda de sondagens, François Hollande surge em primeiro lugar, com resultados entre os 27 e os 30 por cento. As intenções de voto em Nicolas Sarkozy surgem em queda, entre os 25 e os 26,5 por cento.

As sondagens indicam que na segunda volta Hollande tem entre 7 e 14 pontos percentuais de vantagem sobre Sarkozy.

Nunca na V República francesa (instituída pela Constituição de 1958) um candidato presidencial conseguiu ser eleito à primeira volta. A confirmar-se, a segunda volta das eleições presidenciais em França está agendada para o dia 6 de maio. A campanha para a segunda volta começa na próxima sexta-feira.

Partilhar
EM BAIXO: Seguro
Seguro

Europeias: campanha da CDU é agora «mais fácil»
Porque efeitos da UE são mais evidentes, diz candidato
Passos apanhado nas escutas a presidente do BES Investimento
Seis telefonemas de José Maria Ricciardi indiciariam pressão sobre o primeiro-ministro
Cavaco Silva exige que Governo diminua os sacrifícios
«A coesão social e os desafios do futuro assim o impõem»
EM MANCHETE
Cavaco exige que Governo diminua sacrifícios
Presidente da República diz que «é importante que os sinais de esperança se possam concretizar»
Submarinos explicam metade da poupança do Governo
Passos apanhado nas escutas a presidente do BES Investimento