O cabeça de lista do PAN (Partido pelos Animais e pela Natureza) às eleições europeias de domingo, Orlando Figueiredo, considerou que o partido obteve um bom resultado (1,72%), que garantia a eleição de um deputado em eleições legislativas.

«Não é um mau resultado. Penso que é um bom resultado para o PAN, com esta possibilidade de eleger um deputado por Lisboa, se fossem eleições legislativas, o que para nós é bastante agradável», disse Orlando Figueiredo.

O candidato do PAN sublinhou também a subida percentual do partido, que passou de 1,04% nas últimas legislativas, para 1,72% nestas eleições europeias, afirmando-se convicto de que o partido vai continuar a crescer já nas próximas eleições legislativas de 2015.

«Nós esperamos continuar a crescer. Se compararmos os resultados de hoje com os das últimas legislativas, com mais 20 por cento de abstenção do que houve nas legislativas, significa que temos praticamente o mesmo eleitorado, o mesmo número de votantes», disse.

Às 00:45, quando faltavam apurar quatro mandatos, o PS tinha eleito sete eurodeputados, a Aliança Portugal (PSD/CDS) seis, a CDU três, o MPT e o Bloco de Esquerda um cada e a abstenção cifrava-se em 66,09.

O PS venceu as eleições para o Parlamento Europeu com 31,46% dos votos, seguindo-se a coligação PSD/CDS-PP com 27,71%, CDU com 12,68%, MPT com 7,15% e BE com 4,56%, de acordo com os resultados provisórios, com uma freguesia por aprovar.