O presidente norte-americano Barack Obama adiou a visita à Malásia devido à paralisação do governo federal dos Estados Unidos, revelou a agência malaia Bernama citando o primeiro-ministro Najib Razak.

Barack Obama deveria visitar a Malásia a 11 de outubro como parte da sua deslocação a quatro países da região asiática que incluíam cimeiras na Indonésia e no Brunei.

A Casa Branca recusou, na terça-feira, a proposta dos republicanos na Câmara dos Representantes de financiar com leis individuais diversas áreas do Governo Federal e permitir assim uma reabertura faseada dos serviços.

Em comunicado, a porta-voz da Presidência, Amy Brundage, garantiu que o Presidente, Barack Obama, vai vetar esse tipo de propostas para financiar apenas algumas despesas, como as relativas aos veteranos de guerra, os parques nacionais ou o aparelho burocrático em Washington.

Brundage acrescentou que o Presidente e o Senado deixaram claro que propostas orçamentais parciais não são a forma de resolver o bloqueio político que levou ao encerramento de serviços governamentais e deixaram claro que «não aceitam jogar este jogo».