O Bloco de Esquerda (BE) pediu hoje com «caráter de urgência» a audição no parlamento do ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE), Rui Machete, sobre as alegadas escutas telefónicas dos Estados Unidos a cidadãos europeus.

No requerimento, hoje entregue na Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas, é pedida a presença de Rui Machete para falar sobre a posição da União Europeia sobre as alegadas escutas, assunto que tem sido noticiado em diversos jornais internacionais e onde é inclusive referido, lembra o Bloco, que «o Estado português partilha informação com a Agência de Segurança Nacional norte-americana (NSA)».

«Num momento em que a controvérsia está lançada e não se percebe qual é de facto o papel da espionagem norte-americana, pensamos que Portugal também tem de debater este assunto com a profundidade necessária. Por isso é urgente que o ministro venha à Comissão dar os seus esclarecimentos», declarou a deputada Helena Pinto aos jornalistas.

Para a bloquista, a audição deve ser «tão breve quanto possível» até pelo «interesse nacional», já que este é um problema que afeta os «direitos, liberdades e garantias» dos cidadãos.