O presidente da Câmara de Viana do Castelo quer que o ministro da Defesa e a Empordef sejam investigados pela justiça.

O socialista José Maria Costa garante ter provas de que o processo de subconcessão dos estaleiros não foi bem gerido. Mails, mensagens telefóncas e vários documentos é o que José Maria Costa vai entregar na quinta-feira ao Provedor da Justiça.

O autarca fala ainda de um contrato entre o Estado português e a Venezuela para favorecer a Martifer.

Depois de pedir a demissão do ministro da Defesa, o presidente da Câmara de Viana do Castelo insiste que o processo de subconcessão dos Estaleiros à Martifer levanta dúvidas. José Maria Costa diz mesmo ter provas de que o interesse público está a ser posto em causa.

O autarca garante que o país e os trabalhadores dos estaleiros estão a ser «enganados». E que a Empordef e o ministro Aguiar-Branco têm de ser «investigados».

O ministro Aguiar-Branco tem acusado o presidente da Câmara de Viana de estar a tentar lançar a «confusão».