Estaleiros de Viana são «um caso de polícia»