Paulo Portas esteve em Alcobaça e fez um discurso praticamente improvisado.

O presidente do CDS falou de eleições e da crise.

Para Portas há muita gente em Portugal a passar mal, mas «já batemos no fundo, já saímos do fundo e não voltamos ao fundo».