O eurodeputado do CDS Diogo Feio afirmou esta segunda-feira que o Governo pretende terminar o programa de resgate no dia 17 de maio, após uma reunião entre a delegação de eurodeputados que está em Lisboa e o vice-primeiro-ministro.

«O Governo reiterou a sua intenção clara de terminar o programa de ajustamento no dia 17 de maio», afirmou Diogo Feio aos jornalistas à margem do encontro, esta segunda-feira em Lisboa.

O eurodeputado disse ainda que a reunião com Paulo Portas foi «positiva e interessante», porque permitiu aos eurodeputados relatores do Parlamento Europeu conhecerem a realidade económica portuguesa.

A reunião da delegação da Comissão dos Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu com o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, foi a última do dia desta segunda-feira, depois dos encontros com o ex-primeiro-ministro José Sócrates e com o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa.

Para terça-feira estão previstos encontros com a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, com o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, e com membros das comissões parlamentares dos Assuntos Europeus, do Orçamento, Finanças e Administração Pública.

A delegação que está em Lisboa é composta pelos relatores Othmar Karas (Áustria, Partido Popular Europeu), Liêm Hoang Ngoc (Áustria, Socialistas e Democratas) e por deputados de Portugal, Finlândia e Alemanha.