A sondagem diária da TVI dá esta terça-feira nova vitória à coligação. Mas tanto o PSD e CDS como o PS baixam de votação e o número de indecisos aumenta.

As intenções diretas de voto, registadas pela Intercampus para a TVI, Público e TSF, dão à coligação Portugal à Frente 31,2% dos votos, aumentando a distância para o Partido Socialista, que arrecada 28,6% das intenções de voto.

Na CDU regista-se uma ligeira subida, com 5,9% das intenções de voto, uma tendência acompanhada pelo Bloco de Esquerda, com 3,5%, o mesmo resultado que obtém o conjunto dos outros partidos concorrentes às eleições.
Há 7,5% de votos brancos ou nulos e 19,9% de indecisos ou que recusaram responder.

A sondagem diária da TVI desta terça-feira é mais robusta, incluindo mil entrevistas, uma amostra que vai manter-se contante até ao último dia de campanha eleitoral.

Nesta sondagem diária queremos acima de tudo avaliar as tendências de voto e a variação do número de indecisos. 

Se fizermos a distribuição dos indecisos de acordo com o comportamento médio típico do eleitorado, teríamos estes resultados finais: Coligação Portugal à Frente com 38,9% dos votos, uma diminuição de mais de um ponto percentual face a esta segunda-feira.

O PS conta com 35,7% das intenções de voto, uma descida de mais de dois pontos em relação a segunda-feira. A CDU obteria 7,3% dos votos e o Bloco de Esquerda, 4,4%, exatamente o mesmo que todos os outros partidos concorrentes.


Ficha técnica


Esta sondagem foi efetuada pela intercampus entre 18 e 21 de setembro, com o objetivo de conhecer a intenção de voto dos portugueses.

A amostra é constituída pela população com mais de 18 anos recenseada em portugal continental. A recolha foi através de entrevista telefónica num total de 1005 entrevistas, proporcionais a cada região.

O erro de amostragem, para um intervalo de confiança de 95%, é de mais ou menos 3,1%. A taxa de resposta foi de 56,4%.