Celorico de Basto, em Braga, Vagos e Oliveira do Bairro, ambos no distrito de Aveiro, foram os três concelhos onde o próximo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, conquistou maior percentagem de votos.

Em Celorico de Basto, concelho natal da sua avó paterna, Marcelo conseguiu 81,90% dos votos, seguindo-se o concelho de Vagos (Aveiro), com 78,15%, e Oliveira do Bairro, com 77,40%.

Por sua vez, foi nos concelhos de Aljustrel (19,97%) e Mértola (23,82%), ambos no distrito de Beja, e também no concelho de Portel (23,17%), distrito de Évora, que o futuro Presidente da República registou os seus piores resultados.

O candidato que ficou em segundo lugar nas eleições presidenciais de domingo, António Sampaio da Nóvoa, conseguiu os seus melhores resultados nos concelhos de Campo Maior (39,16%) e Gavião (38,68%), ambos no distrito de Portalegre, e Aljustrel (38,24%), no distrito de Beja.

Ponta do Sol (8%), Câmara de Lobos (7,85%) e Calheta (4,94%), todos na Região Autónoma da Madeira, foram os concelhos em que o candidato registou o seu pior resultado.

Marisa Matias, candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda, conseguiu a sua melhor votação nos concelhos de Condeixa-a-Nova (24,99%) e Miranda do Corvo (18,15%), ambos em Coimbra, e Olhão (16,75%), no distrito de Faro.

Por seu turno, a pior votação da candidata ‘bloquista’ verificou-se nos concelhos de Celorico de Basto (3,28%), em Braga, e nos concelhos de Boticas (3,59%) e Ribeira de Pena (4,52%), ambos em Vila Real.

Maria de Belém registou o seu melhor resultado nos concelhos de Alfândega da Fé (10,74%), distrito de Bragança, Idanha-a-Nova (8,94%), em Castelo Branco, e Alcoutim (8,23%), no distrito de Faro.

A pior votação desta candidata aconteceu nos concelhos de Vagos (1,74%), distrito de Aveiro, na Calheta (1,81%), na Região Autónoma da Madeira, e também em Celorico de Basto (1,89%), em Braga.

Quanto ao candidato apoiado pelo PCP, Edgar Silva, o concelho com melhor resultado foi Avis, distrito de Portalegre, aquele em que também venceu todos os outros candidatos, com 31,31%.

Serpa (28,08%), distrito de Beja, e Mora (24,75%), em Évora, foram os dois concelhos em que Edgar Silva também conseguiu melhores resultados.

Os piores concelhos para o candidato comunista foram Pedrogão Grande (0,42%), distrito de Leiria, e São Roque do Pico (0,44%), na Região Autónoma dos Açores, e Aguiar da Beira (0,44%), na Guarda.

Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito no domingo Presidente da República com 52% dos votos, correspondendo a cerca de 2,4 milhões de eleitores.

Sampaio da Nóvoa ficou em segundo lugar, com 22,89% (1.060.769 votos), Marisa Matias em terceiro, com 10,13% (469.307 votos), Maria de Belém a seguir, com 4,2% (196.582 votos), e Edgar Silva em quinto lugar, com 3,95% (182.905 votos).

Estão ainda por apurar os resultados de 14 consulados de um total de 73.