“O Comité Central do Partido e a Candidatura Nacional do PCTP/MRPP vêm comunicar que a palavra de ordem morte aos traidores foi suspensa da campanha eleitoral em curso”, lê-se num comunicado enviado à redação da TVI.



Esta decisão "não terá o mérito de salvar os traidores do opróbrio e da morte certa que os espera”, fez questão de sublinhar Garcia Pereira.