O centro do país foi o terreno escolhido pelas caravanas para o arranque da campanha para as eleições europeias, com o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, a juntar-se à noite à coligação Aliança Portugal (PSD-CDS-PP).

Com nove iniciativas em agenda, os candidatos do PSD/CDS-PP Paulo Rangel e Nuno Melo começam o primeiro dia de campanha oficial para as eleições de 25 de maio pelas 09:30 na Guarda, passando depois para o distrito de Viseu, com passagens por Tabuaço, Armamar, Tarouca e Lamego.

Paulo Rangel e Nuno Melo estarão, esta segunda-feira, acompanhados pelo também candidato e ex-presidente da Câmara de Viseu Fernando Ruas e à noite, em Lamego, contarão com a presença do presidente do CDS-PP e vice-primeiro-ministro Paulo Portas.

Lamego foi precisamente a cidade escolhida pela caravana socialista para o arranque da campanha, com o cabeça de lista Francisco Assis a ter a primeira iniciativa agendada para a hora de almoço. A acompanhá-lo estará o deputado e candidato José Junqueiro.

Depois de passagens por Resende, São Pedro do Sul e Nelas, o PS termina o primeiro dia de campanha em Viseu, com um comício no qual marcará presença o presidente da Câmara Municipal de Sintra e antigo deputado do CDS-PP Basílio Horta.

Marisa Matias, eurodeputada e número um da lista do BE, escolheu Torres Novas para começar o dia, com a caravana bloquista a passar ainda por Salvaterra de Magos e Vila Nova da Barquinha, antes do comício-festa em Tomar onde marcará presença o coordenador do partido João Semedo.

Numa estratégia diferente, a CDU apostou numa única cidade para o arranque da campanha, com o cabeça de lista da coligação a concentrar-se em Coimbra. Depois de uma reunião com agricultores e uma sessão sobre ciência e investigação científica à tarde, João Ferreira estará presente num jantar no restaurante do estádio municipal com dirigentes, delegados, ativistas sindicais e membros de comissões de trabalhadores.