Os 533 eleitores portugueses recenseados em Cabo Verde vão poder votar sábado e domingo em duas mesas nas eleições europeias de 25 deste mês, disse esta terça-feira à agência Lusa fonte diplomática portuguesa na Cidade da Praia.

As duas urnas, uma no Centro Cultural Português da Cidade da Praia, em que poderão votar também os eleitores recenseados na ilha do Sal, e outra no consulado honorário no Mindelo (ilha de São Vicente), estarão abertas entre as 08:00 e as 19:00 locais de sábado e entre as 08:00 e as 17:00 de domingo (menos duas horas do que em Portugal).

O total de eleitores portugueses residentes em Cabo Verde habilitados a votar na escolha dos deputados lusos para o Parlamento Europeu é de 533, mais 156 do que os inscritos na votação de há cinco anos.

Comparando com os inscritos para as Europeias de 2009, o total de eleitores recenseados na Cidade da Praia e na ilha do Sal subiu de 184 para 312, enquanto no Mindelo passou de 193 para 221.

Nas eleições de 2009, registou-se uma abstenção de 79,85%, tendo votado apenas 76 dos 377 eleitores inscritos.

Na ocasião, e no conjunto das duas mesas, o PS venceu com 35 dos 76 votos expressos, à frente do PSD (30), BE e CDS/PP (ambos com três), CDU (dois) e MEP (um), tendo-se registado ainda um voto branco e outro nulo.

Na Cidade da Praia, votaram 20 dos 184 eleitores inscritos, com o PSD a somar oito votos, seguido pelo PS (seis), BE (dois) e CDU e CDS/PP (ambos com um). Foi na capital cabo-verdiana que se registaram os votos nulo e branco.

No Mindelo, votaram 56 dos 193 eleitores inscritos, com o PS a recolher 29 votos, seguido pelo PSD (22), CDS/PP (dois) e BE, CDU e MEP (todos com um).