Basílio Horta, o atual autarca socialista de Sintra, venceu as eleições autárquicas com 41,5% a 46,5% dos votos, segundo a projeção da Intercampus para a TVI. Nas últimas autárquicas, em 2013, tinha conseguido dos votos 26,83% ou 32.984 eleitores.

Marco Almeida ficou em segundo, com 28,3% a 32,3% dos votos. Há quatro anos ficou perto da vitória (25,42%) sem qualquer apoio partidário e regressou agora à corrida com os apoios do PSD e CDS.

Em terceiro ficou a CDU (PCP/PEV), com o candidato Pedro Ventura: 8% a 11% dos votos. Há quatro anos, o partido alcançou 12,5% ou 15.362 votos.

Depois Carlos Carujo (BE), com 5,3% a 8,3%. O partido teve 4,52% ou 5.552 votos em 2013.

Esta corrida eleitoral à câmara de Sintra, que faz parte do distrito de Lisboa, contou com dez candidatos no total, para além de Basílio Horta e Marcelo Almeida:

Pedro Ladeira (Nós Cidadãos)

Maria Cristina Rodrigues (PAN)

Carlos Correia (PCTP/MRPP)

Anabela Henriques (PDR.JPP)

Paulo Martins (PNR)

Maria José Fonseca (PTP) 

Recorde-se que a corrida autárquica a Sintra ficou marcada por um erro no preenchimento na declaração de rendimentos do autarca, que declarou 5 mil euros, mas afinal eram 5 milhões. A candidatura de Basílio Horta afirmou que tudo não passou de um lapso e que não está em causa incumprimento fiscal. 

FICHA TÉCNICA 

Previsão eleitoral realizada pela INTERCAMPUS para a TVI, com base em sondagens à boca-de-urna em 7 concelhos, para as eleições autárquicas de 1 de Outubro de 2017.

O universo em estudo é o dos eleitores que votaram, em cada um dos concelhos. A amostra prevista é de 29100 entrevistas, variando entre 3600 e 5100 entrevistas para cada concelho.

Assim, o erro de amostragem, para um intervalo de confiança de 95%, varia entre mais ou menos 1,6% e mais ou menos 1,3%; mais especificamente: Lisboa, Amostra prevista 5100, Margem de erro 1,3%;

  • Porto, Amostra prevista 4800, Margem de erro 1,4%;
  • Coimbra, Amostra prevista 3600, Margem de erro 1,6%;
  • Oeiras, Amostra prevista 4000, Margem de erro 1,5%
  • Sintra, Amostra prevista 4050, Margem de erro 1,5%;
  • Matosinhos, Amostra prevista 3600, Margem de erro 1,6%;
  • Odivelas, Amostra prevista 3950, Margem de erro 1,5%.