O Grupo Parlamentar do PS decidiu alterar de terça para quarta-feira a eleição do seu novo líder da bancada, cargo ao qual apenas concorre o ex-presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César.

Fonte oficial da bancada socialista referiu à agência Lusa que o adiamento por 24 horas da eleição do líder e da direção do Grupo Parlamentar resultou da circunstância de a conferência de líderes ter esta tarde marcado trabalhos parlamentares para quarta-feira e não para terça-feira, tal como inicialmente se previa.

Na convocatória inicial assinada pelo líder cessante da bancada, Ferro Rodrigues, à qual a agência Lusa teve acesso, especifica-se que, além da eleição do presidente e da direção da bancada, haverá também eleições entre os deputados socialistas o conselho fiscal e o conselho de administração do Grupo Parlamentar do PS.

O ato eleitoral, feito por voto secreto, decorrerá entre as 09:00 e as 12:00, seguido de uma reunião da bancada socialista.

O secretário-geral do PS, António Costa, propôs Carlos César como candidato à liderança da bancada socialista na quinta-feira, durante uma reunião do novo Grupo Parlamentar do PS.

Apesar de o período para a apresentação de candidaturas alternativas terminar apenas 24 horas antes da eleição, ou seja, na terça-feira, o ex-presidente do Governo Regional dos Açores deverá ser o único candidato ao lugar.