A aposta do Governo na qualidade da escola pública deverá ser “plasmada em números” no Orçamento do Estado (OE) de 2017, segundo opinião da secretária de Estado adjunta e da Educação.

Alexandra Leitão reuniu-se com profissionais da Educação para assinalar o início do ano escolar na Lousã, no distrito de Coimbra. Aí expressou, segundo relata a Agência LUSA, que o Governo pretende “fazer da escola pública algo ainda melhor do que ela já é”.

Para tal, é necessário que o OE do próximo ano venha a traduzir “uma opção consequente” de investimento na escola pública, apesar de subsistirem ainda algumas restrições financeiras.

Sobre o novo ano letivo que agora começa, a secretária de Estado considera que o arranque das atividades escolares “vai correr bem” e existem condições para que corresponda a “uma mudança saudável que já foi começada”.

Mais de um milhão para escolas

Nas Jornadas de Educação e Formação “Lousã, Território Educativo", uma iniciativa da Câmara Municipal, o autarca Luís Antunes, eleito pelo PS, garantiu que "de forma clara e abrangente”, a autarquia tem “dedicado muita da sua atenção” à Educação, com um investimento anual superior a um milhão de euros.

Além dos apoios tradicionais (…), complementámos a medida do Governo e oferecemos os manuais escolares a todos os alunos do segundo, terceiro e quarto anos e o material escolar aos alunos dos mesmos anos abrangidos pela ação social escolar”, num reforço de investimento de mais de 50 mil euros, segundo as contas do autarca.