O governador do Banco de Portugal vai ser ouvido no parlamento na quinta-feira, após requerimento apresentado por PSD e CDS-PP, para prestar esclarecimentos sobre a situação no Banco Espírito Santo (BES), revela a página Internet do parlamento.

BES: Ministra das Finanças vai à AR na quinta-feira

A audição de Carlos Costa na comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública (COFAP) será às 18:00 de quinta-feira, no mesmo dia em que a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, prestará informações na comissão permanente da Assembleia da República.

De acordo com a página da COFAP decorrerá ainda pelas 17:30 de quinta-feira uma reunião da mesa e coordenadores da comissão onde está prevista a «programação das audições sobre a situação do Banco Espírito Santo/Novo Banco».

O BES, tal como era conhecido, acabou este fim de semana depois de o Banco de Portugal (BdP) ter anunciado a sua separação num 'banco bom', denominado Novo Banco, e num 'banco mau' ('bad bank').

O Novo Banco fica com os ativos bons que pertenciam ao BES, como depósitos e créditos bons, e recebe uma capitalização de 4.900 milhões de euros enquanto o bad bank ficará com os ativos tóxicos.