O presidente da Comissão Europeia lamentou a morte de Vasco Graça Moura, que considerou «um grande amigo», classificando-o como «homem de excecional cultura que ficará na História» e elogiando o seu contributo para a construção europeia.

«Foi com muita tristeza que soube da morte de Vasco Graça Moura, um grande amigo. Perdemos hoje um homem de excecional cultura que ficará na História das Letras Portuguesas», afirmou José Manuel Durão Barroso, numa mensagem enviada à agência Lusa.

«Queria ressaltar nesta ocasião o seu qualificado contributo para a construção europeia e o seu compromisso com uma visão de um papel forte de Portugal nesta nossa União Europeia. À sua família, as minhas mais sinceras condolências», acrescenta o chefe do executivo comunitário.

O escritor e tradutor Vasco Graça Moura, de 72 anos, morreu ao fim da manhã deste domingo em Lisboa, disse à agência Lusa fonte do Centro Cultural de Belém (CCB).