Os deputados aprovaram hoje, na especialidade, uma proposta do PEV para que todos os estudantes entre os 4 e os 18 anos tenham um desconto de 25% no passe de transportes, mesmo que não tenham apoio social.

O PS também tinha apresentado uma proposta neste sentido, que foi igualmente aprovada. O BE tinha uma proposta mais ambiciosa, para que o desconto fosse de 50%, mas foi rejeitada.

Depois de várias interrupções para debater o método de votação a seguir, os deputados acordaram que iriam votar todas as propostas dos partidos, mesmo que sejam materialmente semelhantes, e que depois os serviços irão harmonizar as alterações na redação final do documento.

Ainda em matéria de transportes, foi aprovada outra proposta dos bloquistas sobre o passe sub23@superior.tp para que este título de transporte abranja "todos os estudantes do ensino superior até aos 23 anos, inclusive, de todas as instituições de ensino superior no país".

Com a medida, o Bloco pretende alargar este título de transporte aos "serviços de transporte coletivo de passageiros autorizados ou concessionados pelos organismos da administração central e regional, bem como aos serviços de transporte de iniciativa dos municípios, se estes vierem a aderir ao sistema passe sub23@superior.tp"

Além disso, também é alargada a idade até à qual os estudantes de Medicina e de Arquitetura podem beneficiar deste título de transporte, até aos 24 anos.

Os deputados da comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa cumprem hoje o segundo dia de votações da proposta de Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) e das centenas de propostas de alteração apresentadas pelos partidos, num dia que está a ser marcado por várias interrupções para debater o método de votação a utilizar.