No Parlamento, a oposição exigiu esta quarta-feira a convocação imediata de eleições antecipadas.

O PS, o PCP, o Bloco de Esquerda e os Verdes defenderam que o Governo «morreu» e que a dissolução da Assembleia da República é um «imperativo nacional».

O CDS remeteu-se ao silêncio durante o debate, enquanto o PSD apelou ao bom senso de todos para que a credibilidade externa do país não seja afetada.