Adriano Moreira diz que as eleições antecipadas são inevitáveis mas que devem acontecer só depois de haver um orçamento e a aprovação da troika. Em entrevista à TVI24, nesta quarta-feira, o fundador do CDS considera difícil que Paulo Portas e Passos Coelho se entendam.

«Inclino-me muito para aceitar que tem de haver eleições antecipadas», afirmou Adriano Moreira, no programa Política Mesmo, antevendo ainda que a recuperação do Governo «parece difícil».

«Os partidos têm de intervir para designar as lideranças, se as mantêm, se as mudam», defendeu, argumentando que o «presidente da República deve assumir a autoridade que se espera do Presidente da República».