A escolha de Vital Moreira para encabeçar a lista do PS às eleições Europeias foi muito aplaudida pelos socialistas presentes no congresso de Espinho. Momentos após o anúncio do nome, a eurodeputada Ana Gomes afirmou que esta «é uma excelente escolha».

Vital Moreira afirmou que tinha «a certeza» de contar com Ana Gomes na lista e a eurodeputada confirmou a sua disponibilidade. «Tenho todo o gosto em voltar a concorrer pelo PS às eleições europeias», afirmou.

«Pela falta de reacção adequada à crise se nota que precisamos de mais e melhor Europa e de gente competente e capaz de mobilizar o eleitorado», qualidades que considera que Vital Moreira tem. «É uma pessoa compete e interventiva», disse Ana Gomes sobre Vital Moreira, seu companheiro de blogue. «E não podemos esquecer que é um dos pais da construção da nossa Constituição».

Vitalino Canas também realça a mais-valia que considera ser a escolha do constitucionalista. «É um excelente candidato. Do ponto de vista intelectual dá garantias de defender a Europa que o PS quer».

Apesar de afirmar que foi surpreendido com a decisão, garante que esta foi uma decisão pessoal de José Sócrates e considera que Vital Moreira deverá ter sido a primeira escolha.

«Creio que Vital Moreira é uma boa escolha, um fino analista. Faz análise política contundente e é um político muito bem preparado», afirmou Luís Amado, que recusou qualquer interesse em ser ele próprio candidato. «Sempre disse que não, nunca gostei da actividade do Parlamento Europeu».

«Estamos confiantes»

José Lello destaca a «credibilidade» de Vital Moreira, afirmando que esta é uma «candidatura emblemática». «Estamos confiantes», adiantou.

Também Paulo Pedroso disse estar bastante satisfeito com a escolha de Vital Moreira, que considera «ser um passo para a consolidação da esquerda democrática na Europa».

Questionado pelos jornalistas sobre a escolha de Vital Moreira, Almeida Santos responde com outra questão: «Mas há outro? Há outro comparável a ele?», elencando depois o currículo do constitucionalista.