«Aqui ninguém tem medo de expressar a sua opinião, aqui não há purgas como no bloco de esquerda», afirmou José Lello, no segundo ataque claro do dia ao Bloco de Esquerda, seguindo o mote de António Costa. José Lello afirma que a quebra do acordo entre o BE e Sá Fernandes mostra «raízes trotskistas-leninistas».

«Aqui cultivamos os pluralismo e o respeito pelas opiniões de cada um, mesmo que nos custe ver a nossa maioria em risco pela acção centrífuga de alguns», afirmou José Lello, numa clara alusão a Manuel Alegre.

O ex-Secretário de Estado criticou ainda o PS, afirmando que «a liderança laranja que agora está a esbracejar, enquanto antes preferia baixar os braços, a ver se tudo corria pelo pior, porque para eles, quanto pior, melhor».