Demissão do Governo? «Isso não tem pés nem cabeça»

Reação do deputado social-democrata Pedro Pinto no Congresso do PCP

Por: Redação / PB    |   2 de Dezembro de 2012 às 12:12
A ideia da demissão do Governo, muitas vezes defendida durante o Congresso do PCP, «não tem pés nem cabeça». Quem o diz é o deputado social-democrata Pedro Pinto, que lidera a delegação do PSD presente como convidada no encerramento do congresso do Partido Comunista em Almada.

«O debate político deve ser feito na boa-fé e com elevação. Estou aqui como convidado nesta grande festa do Partido Comunista e não será aqui hoje que me verão comentar este tipo de questões, até porque elas não são novas», disse o deputado do PSD.

«Eu penso que é um ritual que o PCP cumpre mais ou menos há 36 anos que é pedir a demissão dos governos que estão em funções. Não comporta uma surpresa», disse Pedro Pinto, em declarações aos jornalistas no final do XIX Congresso do PCP.
PUB
EM BAIXO: Pedro Pinto, deputado do PSD
Pedro Pinto, deputado do PSD

COMENTÁRIOS

PUB
Passos acusa Costa de querer «segurar resultados»

Líder do PSD começou por dizer que o PS «mudou de líder para ver se mantinha a atenção fixada nas pessoas» e os líderes «não descolam», para concluir que António Costa, «pela maneira como ataca todos os dias» o Governo, «está mais preocupado em ver se consegue segurar o seu resultado, que acha antecipadamente que é vitorioso, do que propriamente em alargá-lo». Dizendo que o PSD não é «vencedor antecipado das eleições», o líder social-democrata considerou que os socialistas «desconfiam que vai ser difícil ganharem as eleições»