Na véspera do novo Congresso das Esquerdas, Mário Soares vem à TVI24, para uma entrevista no programa «Política Mesmo», com o jornalista Paulo Magalhães.



Com o propósito de defender a Constituição e o Estado Social, Mário Soares quer que este congresso seja uma «ampla frente de rejeição» e, por isso mesmo, fez também convites a personalidades da Direita.

Este segundo congresso vai realizar-se a 21 de novembro, na Aula Magna, o mesmo local do primeiro congresso, que se realizou em maio.

Com esta maior intervenção politica, as perguntas impõem-se: considera Soares que esta é a única oposição capaz de derrubar o executivo de Passos Coelho? Que eficácia pode ter este congresso? Quais as soluções possíveis para um país endividado e dependente da ajuda externa? Como podem os portugueses entender a posição do PS de António José Seguro face às posições do fundador do partido?