O Ministério da Defesa vai prosseguir as negociações com a França para comprar o navio polivalente Siroco, dado «o consenso alcançado na comissão de Defesa sobre a importância operacional e a oportunidade única» que este meio representa.

«Tendo em conta o consenso alcançado na comissão de Defesa sobre a importância operacional e a oportunidade única que representa a possível aquisição do navio à República Francesa, o Ministério irá prosseguir o processo tendo em vista a possível aquisição do navio Siroco», disse à agência Lusa fonte oficial.

A mesma fonte adiantou que «serão dadas instruções à direção geral competente para iniciar as conversações formais com o Estado francês».

O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) e o chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA) foram ouvidos esta manhã na comissão de Defesa, numa sessão à porta fechada totalmente dedicada a discutir a compra do navio polivalente logístico.