A maioria de esquerda chumbou o projeto de resolução do CDS-PP que propunha a rejeição do Programa de Estabilidade 2017-2021 apresentado pelo Governo.

O projeto de resolução apresentado pelos centristas contou com o voto favorável do maior partido da oposição, o PSD, mas foi chumbado com os votos contra do PS, BE, PCP, PEV. O PAN absteve-se.

O CDS-PP tinha apresentado inicialmente uma resolução para a revisão do Programa de Estabilidade, no sentido de retomar as reformas estruturais adotadas pelo anterior executivo, assim como políticas para o crescimento económico, que substituiu por um texto pedindo a sua rejeição.

Com a mesma votação foi ainda chumbado o projeto de resolução do CDS-PP que recomendava ao Governo que adotasse no Plano Nacional de Reformas "um conjunto de medidas que permitam colocar Portugal numa trajetória sustentada de crescimento económicos e do emprego".