O Presidente português, Aníbal Cavaco Silva, elogiou esta terça-feira a «visão estratégica» das autoridades de Xangai, qualificando aquela grande metrópole chinesa como «uma cidade fantástica».

«Esta cidade fantástica desempenha um papel crucial no objectivo comum de intensificação das relações entre Portugal e a China», disse Cavaco Silva, num banquete oferecido pelo lider do governo municipal de Xangai, Yang Xiong.

Xangai - uma metrópole cuja paisagem é dominada por arranha-céus e uma densa rede de vias de elevadas, construídas quase todas nos últimos vinte anos - tem uma área pouco maior do que o Algarve e cerca de 24 milhões de habitantes.

Recordando a anterior visita a Xangai, em abril de 1994, como primeiro-ministro, o Presidente português afirmou: «Hoje vejo erigido um projeto grandioso, que me foi apresentado "no papel" pelas autoridades de então».

«Processos desta dimensão exigem grande determinação e visão estratégica. Xangai demonstrou ter essas capacidades», acrescentou.

Cavaco Silva iniciou, na segunda-feira, em Xangai uma visita de uma semana à China destinada a reforçar as relações bilaterais e a promover Portugal como «um parceiro fiável» da nova potência emergente na Ásia Oriental.

É a primeira visita de um chefe de Estado português à China desde 2005.