O PSD indicou este domingo candidatos masculinos para o 7.º e o 9.º lugares da lista conjunta com o CDS-PP às eleições europeias, deixando o 8.º lugar para uma mulher a indicar pelos centristas.

De acordo com a lei da paridade, não pode haver mais de dois candidatos seguidos do mesmo género nas listas eleitorais. PSD e CDS-PP acordaram que o 4.º e o 8.º lugares da sua lista conjunta às eleições europeias seriam indicados pelos centristas.

A proposta de candidatos do PSD que vai hoje a votos numa reunião do Conselho Nacional dos sociais-democratas inclui os seguintes nomes: Paulo Rangel, em 1.º lugar, Fernando Ruas, em 2.º, Sofia Ribeiro, em 3.º, Carlos Coelho, em 5.º, Cláudia Aguiar, em 6.º, José Manuel Fernandes, em 7.º, e José Mendes Bota em 9.º.