"Outros andam a proclamar a necessidade de maioria absoluta, em nome da estabilidade. Já foram experimentadas todas as soluções, incluindo diversas maiorias absolutas do PS e do PSD. A verdade é que eles conseguiram estabilidade governativa, não conseguiram foi estabilizar a vida dos portugueses, antes pelo contrário. Instabilizaram-na, criaram esta situação dramática de vivermos num país mais endividado, mais dependente, com mais injustiças sociais, mais desemprego", disse Jerónimo de Sousa, numa ação da Coligação Democrática Unitária (CDU).


"Vai ser uma campanha difícil, vão surgir mistificações, falsidades, operações de propaganda fraudulenta, que visam levar os eleitores ao engano, desde logo a coligação PSD/CDS. Eles que fizeram tanto mal... que infernizaram a vida aos portugueses, que criaram uma situação dramática para muitos, que não puderam continuar a estudar e muitos, meio milhão, nem puderam ficar no seu país e partiram para a emigração, vêm dizer agora que foi um mal necessário e estamos no bom caminho", anteviu.