A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, assinalou esta sexta-feira dois meses à frente dos centristas inaugurando uma nova forma de comunicar, com um vídeo em direto no Facebook em que fez o balanço do debate quinzenal com o primeiro-ministro.

O vídeo dura 54 segundos e foi filmado pela própria Assunção Cristas, com o seu telemóvel, na varanda da Assembleia da República, depois da sessão plenária, que terminou com as habituais votações regimentais de sexta-feira, mas tinha começado com o debate quinzenal com o Governo.

 

Assunção Cristas disse à Lusa que passará a usar os vídeos do Facebook "sempre que for conveniente".

No vídeo, Assunção Cristas considerou que o primeiro-ministro, António Costa, mostrou no debate ausência de interesse e "nenhum pensamento sobre a natalidade" porque, disse, "não respondeu a nada".

O imposto sobre os combustíveis e o crescimento da economia foram outros temas que a líder centrista quis salientar neste resumo em vídeo, bem como a questão dos contratos de associação com o ensino particular e cooperativo.

"Por fim, ficámos a saber que, em relação aos contratos de associação, os pais não podem estar totalmente descansados. Alunos que estejam agora no sexto ano não têm a garantia que possam continuar no sétimo ano na mesma escola", afirmou no vídeo.

Vamos continuar a falar assim! Beijinhos, bom fim de semana".

Desde que anunciou a sua candidatura à liderança do CDS, através da sua página no Facebook, Assunção Cristas tem explorado a comunicação com os eleitores através das redes sociais, sendo particularmente ativa na plataforma criada por Mark Zuckerberg.