"Portanto, eu não acredito que no futuro qualquer que seja o Governo que tenhamos em Portugal possam ignorar estas realidades."